vida e paixão. e mais vida [Julio Alberto Wong Un]

Foto: Fernando Miranda

Caminhando pela Vila de São Jorge, bem na portada do Parque Nacional da Chapada dos Viadeiros, encontramos um casal jovem, sorridente. Pelo sotaque eu percebi logo e pensei: este é dos meus. Como tinha ido a Colombia uns meses atrás disse a ele em castelhano: tú debes ser colombiano, no? y el se rió mucho. Era de um dos bairros mais violentos da capital, Bogotá. E viajava já algum tempo com a esposa. Faziam arte em macramé, que não era barata. Mas só de olhar as bochechas do filinho a gente comprava.

Uma pulseira fina de nós e cera me lembra essa risada bela. E a foto fantástica do Fernando também. Queria ter conversado mais com os três. A companheira dele era o oriente medio. Viajou pela américa latina. Morou na minha cidade mae, Lima, e acabou casando ou morando com o menino colombiano. 

Gostei demais deles. Mas depois preferi observar eles na vida, na paixão e na mais vida que uma risada nos oferece, de graça.







Comentários

As mais vistas