Mini Sarau Rua Balsa das 10


Maria Amélia Medeiros Mano, Júlio Wong Un, Ernande Valentim do Prado, Eymard Mourão Vasconcelos, Mayara Floss Cuidar de pessoas exige saber e técnica. Tais elementos, sistematizados, organizados e apreendidos são registrados em prontuários, com linguagem aprendida e exigente. Esquecemos, muitas vezes, que cuidar também exige um encantamento por vezes borrado por essas mesmas exigências técnicas que fazem a história virar anamnese. Necessária e valiosa, sabemos que "coletar" uma boa anamnese é o essencial na arte de cuidar. Esquecemos, muitas vezes, que nas entrelinhas do dito, do não dito, há a possibilidade de outros registros, outras trocas e até, outras formas de descrever e devolver o mundo oferecido pelo usuário de um jeito menos doloroso. Tal processo nem sempre exige que se abandone a forma de escrever, mas que se dê colorido novo, muitas vezes compartilhado com o próprio usuário. Como se, juntos, pudéssemos recompor histórias e, com elas, entender melhor os processos e se não, ao menos, nos encantar mais com as vidas e dores. A objetivo da atividade é abordar as diversas formas de escrita e registro literário-poético a partir da experiência do blog Rua Balsa das 10 (www.balsa10.blogspot.com).

Neste espaço com uma apresentação em formato de Mini Sarau com o amigo e colaborador Arnildo Dutra de Miranda Júnior e autora do blog Mayara Floss. Talvez, um prontuário musicado, um cotidiano que virou poesia, uma balsa que navega e voa.

Comentários

As mais vistas