A ILHA NÃO SE CURVA

Emaranhado. Ernande, 2016.
Ernande Valentin do Prado

A metformina acabou
não fui buscar mais
fiquei assim

Em crise
na Unidade Básica de Saúde
a enfermeira me olhou

Fazendo aquela cara
como quem diz
quer morrer?

Ela não sabe
e nem teria como saber
que não é nada disso

Que
o que me faz sofre
é outra coisa

[Ernande Valentin do Prado publica na Rua Balsa das 10 às 6tas-feiras] 

Comentários

As mais vistas