DIVIDINDO POESIAS

Imagem captada na internet, 2017.

Daniela Gomes Brito Carneiro

Porque sei que você me entende. =)

Inspirei-me sim. 
Se foi o medo superado? 
O avante da vida? 
Ou o vento do novo no rosto? 
Não sei. 

Sei que estou assim, 
cheia de mim. 
Querendo ver mais,
ser mais, 
sentir mais, 
escrever mais. 

E foi nessa luz do instante,
que quis dizer sim.
Aos devaneios de outrora. 
Me perseguiram sempre sim.
Escutei sempre não. 

Agora sim, 
estou eu de novo, 
rendendo (-me)a mim. 

Nesse devaneio de agora sou outra,
no pensamento,
tão real quanto o real.

Outras. 
Com outros, 
em outros lugares,
 e momentos. 

Me faz feliz?
Ah, sim...


Me faz feliz?
Ah, sim...

 Avante! Lindo de ver nascer
Assim, de novo e de novo
E de novo
Roda que vive pra dentro 
O que sente de fora
Que de tão medo
Agora é força 
É saudade de si
Mas é vida de agora


Avante! Muito avante! 

Nota: danitagbc e adipsic trocam emails, conversas durante café da tarde, mensagens de whats app, abraços, sorrisos e angústias há cerca de 15 anos. 


                                                                 [Convidado publica na Rua Balsa das 10 aos sábados e domingos]


Comentários

As mais vistas