Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Da origem deste desejo....

Rua Balsa das 10 é um desejo. Ele nasce depois de perplexidades, desencantos, dores, etc. Mas principalmente nasce depois de gravidez amorosa de meses, de conversar, de intuir, de dizer: é possível outro caminho que não seja esse do poder e das grandiosidades vaidosas e destruidoras!

O nome, corriqueiro e misterioso, é homenagem ao querido Luan, menino de Santos, sensível e curioso, que corre contra o vento, na vagarosidade das certezas que virão - a da próxima balsa. Nele, nesse nome névoa, vento sul, agradecemos a sorte de termo-nos juntado, como uma balsa que encosta em outra, nesses dias de grandeza do ínfimo, em Rio Grande e Pelotas.

A ideia de fazermos empreendimentos outros, com pouco dinheiro, sem a prepotência de quem fala pelos outros, na discrição de escutas e olhares atentos e amorosos, no "viver real das pessoas", na "amorosidade contra o que?", nas incertezas gostosas que a surpresa do dia depara - e prepara, distraída.... essa ideia nos ronda, nos ur…

Últimas postagens

DONA CREMOSINHA DA CASA CAIADA

3 imagens do meu aniversário no CEBB RJ [Julio A. Wong Un]

CADA UM POR SI, DEUS CONTRA TODOS

Batalhar e admirar [Eymard Vasconcelos]

Pontos turísticos

REVOADA [Maria Amélia Mano]

Crepúsculo en el Paraguaçu (Julio Wong)

Un piso infinito de parquet brillante - para el libro de las preguntas [Julio Wong Un]

Dia 19/03. Quem. [Júlio Wong Un]

Uni versos [NF]

LÁGRIMAS ARTIFICIAIS